Pular para o conteúdo
janeiro 14, 2007 / cassiomarques

Hello World!

Lembro perfeitamente quando fiz o meu primeiro “Hello World”. Ok, não foi exatamente um “Hello World”, mas a idéia era a mesma: Simplicidade. Apenas mostrar que funciona. O engraçado é que anos depois a idéia continua fazendo sentido na minha cabeça, principalmente quando deixei de apenas programar por lazer ou para a faculdade e comecei a ganhar algum dinheiro com isso.
Escrever um blog sobre tecnologia (e nerdices em geral) não é uma idéia original, mas na minha opinião pode seguir a mesma idéia do nosso “Hello World”. Começamos com o básico e avançamos, aprendendo a cada dia. É sobre isso que irei falar aqui, sobre meus tropeços e avanços, sobre minhas experiências e impressões enquanto programador. Posts definitivamente não serão diários!
Este é apenas mais um “Hello World”… :-)

About these ads

2 Comentários

Deixe um comentário
  1. Marcelo Donatti / set 6 2007 5:10 pm

    Bom dia!

    Estava vendo esta sua coluna, e achei muito preconceituosa com o delphi.
    Pelo jeito você não gosta do delphi, deve ser por que nunca conseguiu programar ou ganhar dinheiro com ele.
    Delphi é uma linguagem muito utilizada, sou programador master em delphi, e concerteza sei programar muito bem e não é por que o delphi facilita nossa vida que ele é um ambiente fácil de programar.
    Então acho que você deveria melhorar seus conceitos sobre o delphi, e não é por que o java e o c++, programa-se em blocos de notas, que são as melhores linguagens do mundo.
    Conheço vários programadores em c++ e java que não sabem nem a metade do que eu sei programando em Delphi.

    Desculpe o puxão de orelha, mas é que você tem que ter mais experiência e melhorar seus conhecimentos.

    Obrigado..

  2. cassiomarques / set 6 2007 5:56 pm

    Olá Marcelo,

    Me desculpe, mas parece que quem precisa melhorar os conhecimentos é você. Se você acredita que em C++ e Java se programa apenas utilizando o bloco de notas (o que também é perfeitamente possível utilizando-se o Object Pascal do Delphi), está bastante desinformado. Existem diversas IDEs para ambas as linguagens, como o Visual Studio, o Anjuta, o K-Develop, C++ Builder, Qt Designer (estes para C++) ou o Eclipse, Net Beans, IntelliJ-Idea (estes para Java).
    Não quis demonstrar preconceito com linguagem alguma, me desculpe se voce teve esta impressão. Sei que pode-se criar coisas interessantes utilizando Delphi e não sou contra recursos que aumentem a produtividade do programador. Já programei SIM em Delphi, mas não gosto da plataforma, só isso. Entretanto volto a dizer que reconheço o poder que a mesma possui. O grande problema que vejo é que existem inúmeros profissionais no mercado que se limitam apenas à operação de arrastar componentes e sair trocando as propriedades no object inspector, achando que programar é isso. Você como “programador master em delphi” deve saber que software feito desta forma tende a não ser escalável, ser de dificil manutenção e que seu código se torna um imenso spaguetti conforme o projeto cresce demais.
    Um profissional que só trabalha desta forma, quando se depara com uma situação não-trivial, senta e chora, pois não conhece a linguagem e não sabe se virar sozinho sem a IDE. Entendeu meu ponto?

    Mais uma vez, me desculpe se o que escrevi lhe soou preconceituoso com o Delphi e aceito seu puxão de orelha. Criticas são bem vindas, se não as quisesse nem me arriscaria a escrever um blog.

    Um abraço,

    Cássio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: